Manga

Jogo das pedrinhas

Este é um jogo de perícia que exige grande controlo manual e muita concentração. O objetivo é lançar uma pedra ao ar e apanhá-la, enquanto se agarra outra do chão sem tocar nas restantes. A dificuldade vai aumentando com manobras cada vez mais complexas. Ganha quem conseguir fazer a manobra e agarrar ao mesmo tempo as cinco pedrinhas.

Desenvolvido por Professor Doutor Carlos Neto

Criança e mãe sentados no chão a brincar com 5 pedrinhas

Benefícios

  • Coordenação motora fina e grosseira;
  • Equilíbrio;
  • Capacidade de atenção;
  • Orientação espacial e perceção temporal;
  • Controle emocional;
  • Velocidade de reação.

Descrição

Jogadores: podem ser vários jogadores, a partir dos 5 anos. Toda a família e amigos podem participar.

Material: cinco pedrinhas arredondadas.

Local: em casa (área plana com algum espaço) ou no exterior (espaço plano natural ou construído).

Como se joga: depois de estabelecida a ordem de saída, inicia-se o jogo com os jogadores dispostos em círculo. O primeiro jogador lança as cinco pedrinhas ao chão, de modo a que fiquem o mais juntas possível. Em seguida, o jogador agarra uma pedrinha, e lança-a ao ar. Com a outra mão, retira uma nova pedrinha do conjunto que está no chão, e depois apanha a que foi lançada sem deixá-la cair. Junta as cinco pedrinhas e lança-as novamente ao chão. Repete a manobra anterior, mas agora, em vez de uma, terá de lançar e apanhar duas pedrinhas. O jogador continua até lançar ao alto as cinco pedrinhas.

Quando falha uma manobra, o jogador dá a vez ao seguinte. Quando voltar a jogar, recomeça na manobra em que falhou. Após o último lançamento, terá que pegar nas cinco pedrinhas, lançá-las ao ar e tentar apanhá-las todas nas costas da mão. Ganha o jogador que conseguir ficar com o maior número de pedrinhas nas costas da mão.