Manga

Telefone estragado

Este é um jogo de comunicação interpessoal em que se transmite em cadeia uma frase ou palavra ao ouvido de cada jogador. O último participante a receber a mensagem deve revelá-la em voz alta para comparar com a frase ou palavra inicial escolhida pelo primeiro jogador.

Desenvolvido por Professor Doutor Carlos Neto

Pai e filho brincam ao telefone estragado

Benefícios

  • Perceção auditiva
  • Capacidade de atenção e concentração
  • Memorização
  • Linguagem
  • Coordenação motora (fina e grosseira)
  • Relações interpessoais (convívio)

Descrição

Jogadores: no mínimo três a quatro, de preferência com idade superior a 5 anos. Toda a família pode participar.

Material: não necessita de material especial.

Local: pode ser jogado em espaços interiores ou exteriores.

Como se joga: esta brincadeira tradicional e popular pode ser iniciada em roda ou em fila com os vários participantes. Um dos participantes diz uma palavra ou frase (o “segredo”) ao ouvido de outra pessoa ao seu lado, rapidamente e de modo que os outros participantes não escutem ou descubram imediatamente qual é o “segredo”. Quem ouviu o segredo tenta então repeti-lo para o próximo participante, e assim por diante até chegar ao último, que deve contar o segredo em voz alta. Uma das regras do jogo é que o segredo não pode ser repetido. É comum o segredo ser mal compreendido e por isso passado aos restantes ouvintes de forma cada vez mais longe do original, chegando totalmente diferente ao participante final, e isso é o que torna o jogo muito divertido. É possível competir entre dois grupos para ver qual o grupo que chega com a palavra mais próxima ao destino.